#10 Resenha: 50 Tons de Liberdade


No último volume da Trilogia Cinquenta Tons de Cinza, Anastasia e Christian se casam e iniciam uma vida juntos, inicialmente felizes e vivendo como um casal comum. A lua de mel dos dois não poderia ser mais perfeita. 
Nenhum dois dois queria voltar para sua vida normal e seus respectivos empregos mas, alguns incidentes inesperados fazem com que eles tenham que embarcar com urgência de volta para casa. 
No decorrer do livro, os dois se tornam cada vez mais próximos e íntimos, enquanto Christian se torna um homem que jamais imaginou se tornar. 
Um incidente inesperado põe em risco a vida de Anastasia, deixando Christian louco de preocupação. Já que esta situação ele não poderia controlar. 
Uma gravidez "indesejada" marca a vida dos dois e quase põe um fim no casamento. Christian fica fora de si e vai em busca de sua ex, a "Mrs. Robinson", apenas para conversar. 
Com uma trama mais elaborada do que os outros dois volumes da trilogia, E. L. James constrói uma história simples e fácil de ler, como de costume, apenas investindo mais no amor do que no sexo. 

O melhor livro da série, na minha opinião. Com mais amor e menos sexo, a autora investe numa história melhor e melhor construída, conquistando os fãs no último volume da série. Fazendo com que eles se apaixonem por um Christian Grey mais apaixonado e menos possessivo. Também mostrando uma Anastasia Grey mais firme e determinada, desafiando Christian e fazendo-o pensar em cada um de seus atos. 
Realmente, continua sendo um livro para maiores de 18 anos, mas para quem quiser ler, eu recomendo! 

Autora: E L James
Editora: Intrínseca

Dâmaris. 

Nenhum comentário

Postar um comentário

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger