SANTA MARIA


No dia 27 de janeiro de 2013, como todos já sabem, uma tragédia assolou Santa Maria. Inesperada e rapidamente, as chamas queimaram mais do que a boate Kiss, elas queimaram também a tranqüilidade de um país inteiro. A fumaça produzida subiu para o céu, levando consigo 235 vidas. Para a maioria de nós, apenas desconhecidos, mas para outros, ela, infelizmente levou portos-seguros, amigos, amores, filhos, pais, irmãos, companheiros... Razões de viver, razões pra sorrir. Mais do que isso, levou futuros, sonhos e desejos... Deixou para trás a aflição de mães que não viram seus filhos voltar para casa, lágrimas, uma tristeza sem limites, a indignação de todos nós e um luto que contagiou o mundo. Trouxe mais preocupação com a segurança e o anseio por saber de quem foi a culpa.
No local onde se localizava a boate, vai ser construído um memorando, em homenagem aos jovens que faleceram nessa tragédia. Mas, como seria possível lembrar do futuro que esses jovens nem tiveram?
Santa Maria, eu estou de luto com vocês, nós estamos. A dor e a aflição jamais passaram, apenas vai diminuir, aos poucos.

Karise Schneider.

BRIGAS


Por que as pessoas brigam? 
Na boa, eu fico indignada com alguns motivos. 
As vezes são coisas tão estúpidas e sem noção, que não valem a pena nenhuma lágrima ou dor no coração. 
As vezes é culpa das pessoas. 
Das pessoas que parecem que gostam de brigas. Que gostam de fazer outras pessoas sofrerem. Ou, simplesmente, essas pessoas machucam sem querer, tentando fazer o bem e acabam fazendo o mal. 
Ou simplesmente sendo como são. 
Ou eu só estou falando um monte de bobagens aqui. Não sei, existem tantas possibilidades. 
Mas vou falar de uma que conheço um pouco melhor. 
Existem duas pessoas que se amam muito. Uma não consegue ficar longe da outra. Eles também se preocupam muito um com o outro. Mas uma dessas pessoas é mais 'sincera', digamos assim. Fala o que pensa, mas as vezes não pensa nas consequências que pode causar a outra pessoa. E acaba machucando e deixando a outra pessoa triste. Mas não consegue ver o que fez, então acha que está certo. Que só ele pode ficar triste. Então a outra pessoa aguenta, de boca fechada, guardando tudo dentro de si. Mas todos sabemos que isso não é tão fácil. Tristeza é algo arrebatador. Que consome as pessoas. Então tem uma hora que ela explode e não consegue permanecer em silêncio. Então fala algumas verdades também. Causando uma briga. 
É tão fácil começar uma briga. Uma palavra basta. Imagine uma semana inteira de motivos. 
Mas a briga causa feridas em nossos corações. E essas feridas só podem ser curadas com amor. E olha que coincidência, esse amor deve vir da pessoa que causou as feridas. Por isso essas brigas são tão complicadas.
Mas essa foi apenas uma experiência, existem tantas outras... Que se fosse para digitar todas nesse post ocuparia o blog inteiro. 
Mas, com certeza, essa é a experiência mais dolorosa. 

Dâmaris. 

TODO ERRO TEM PERDÃO


Parece incrível nossa felicidade depender de apenas uma pessoa. 
Se ela está feliz, você está feliz. É assim que funciona.
Mas e quando, por sua causa, ela fica triste? Como você se sente?
Um lixo, aposto. 
Mas não se preocupe, isso é normal. Todos nos sentimos assim. Na maioria das vezes isso acontece quando estamos apaixonados por alguém, quando a única coisa que queremos é fazer a pessoa feliz. Ou ser a própria felicidade dela. 
Mas nem sempre acontece tudo certo. As vezes cometemos erros e, como todo erro, sempre tem uma consequência. 
Só precisamos estar cientes disso. Sempre. Ou iremos nos culpar eternamente por apenas um pequeno deslize, que cometemos sem querer. As vezes sem pensar nas consequências, ou achando que não haveria nenhuma. 
Mas, felizmente, o perdão existe. 
E quando se ama, é usado frequentemente. 

Dâmaris. 

DIGA NÃO!


Passei a tarde assistindo a um programa sobre a crueldade cometida contra os cachorros de rua nos Estados Unidos. E pensei que seria bom compartilhar as notícias com vocês. 
Apenas 20% dos cachorros de rua são adotados, os outros são sacrificados em câmaras de gás. Sim, estamos voltando ao tempo de Hitler minha gente, mas desta vez não são os judeus que estão morrendo e sim os cachorros. Criaturas indefesas. 
E por incrível que pareça, 22% dos cachorros abandonados em instituições são de raça pura. 
Existem pessoas que trabalham em prol destas pequenas criaturas, mas de 30 cachorros em instituições, eles conseguem salvar apenas 4 ou 5, no máximo. E desses 5 cachorros, todos foram abandonados em péssimas condições, precisando urgentemente de uma visita ao veterinário. 
O que eu estou querendo, escrevendo sobre isso no meio de um blog que não tem nada a ver com o assunto? Estou querendo que vocês, que leem e acompanham o meu blog, sintam o que eu senti hoje a tarde, ao acompanhar as imagens chocantes de situações totalmente precárias. Quero que saibam que o que acontece nos Estados Unidos, acontece aqui em nosso país também. Talvez em situações piores ainda. E que são poucas as pessoas que se preocupam com isso. 
Agora, querem minha opinião sobre as pessoas que abandonam e maltratam os animais? Pois bem, aí vai. Pra mim, eles deveriam ser tratados da mesma forma. Afinal, se eu não quero para mim eu não faço aos outros. E não é porque é um cachorro que não tem sentimentos. Muito pelo contrário, podemos ver ao pisar sem querer na pata ou no rabo de um cachorro, que ele nos lambe, tentando nos agradar, para pararmos de machucá-los. Depois ainda falam que cachorros não pensam...
Pensem nisso e comentem. 

Dâmaris.

CONFIAR


Confiar é respeitar. É mais do que falar: "Eu confio em você". Você precisa sentir isso. Precisa saber que o próximo te respeita. Que ele acredita em você, independente da maluquice que você fale. 
Ele irá confiar em você, pois quem confia não mente, não engana e não trai. Quem confia ama e acredita.  Sem nem pensar duas vezes. 
Amar é sinônimo de confiança. Um não sobrevive sem o outro. Simples assim. 
A partir do momento que acaba-se a confiança, o amor perde a força. 
Até finalmente sucumbir. 
Confiar é principalmente saber que, se você precisar de ajuda, sempre terá alguém lá, para te ajudar a levantar. É saber que nunca te deixarão cair. 

Dâmaris.
Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger