Ela escreve no seu diário: Querido diário, terminei com ele hoje, não conseguia mais continuar. Não suportava mais aquele garoto, babaca, nunca correu atras de mim pra nada, nunca me deu flores, só queria me abraçar, e me beijar, segurar minha mão na frente de seus amigos. Nada de sexo, nada de coisas mais quentes, só beijos, abraços e coisas que namorados fazem. Cansei dessa vida, quero voltar a 
curtir, quero sair com minhas amigas sem depender do meu namorado. Quero poder chegar tarde em casa e ninguém me ligar dizendo coisas melosas, como "eu te amo" ou pior ainda "só liguei pra ouvir sua voz..." ninguém gosta disso, odeio homens melosos. E sabe o que mais? Pra mim ele é gay, por que enquanto eu o contava que não queria mais namorar com ele, ele simplesmente abaixou a cabeça e escutou, eu virei as costas, fui embora, e ele nem sequer veio atras de mim.

Ele conta ao seu melhor amigo: Cara, ela terminou comigo hoje. Desculpa minha voz trêmula, mas é que ainda estou chorando, pensando naquela garota. O que será que eu fiz? Será que eu fui longe demais? Acho que foi daquela vez que ela estava com a mãe e eu a abracei, ela nunca gostou disso. Sinto que a culpa disso tudo é minha, sinto que eu perdi a mulher que eu mais amei em todo o mundo. Eu tava comprando nossas alianças de namoro, elas ficariam prontas em uma semana, e ela terminou comigo. Agora sabe lá Deus o que ela está pensando de mim. E sabe mano, quando ela estava me falando que não queria mais namorar comigo, eu abaixei a cabeça, e chorei em silencio, incapacitado de dizer alguma coisa, aquilo me matou por dentro. Ela virou as costas e foi embora. E como eu a amo muito, deixei ela partir.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger