"Tenho um pouco de medo da duração das coisas. Antes, eu acreditava no eterno. Mas depois de tantos percalços, tantas coisas perdidas e tantos nãos guardados no bolso eu já não sei mais. Não sei se ainda existe a sinceridade. No ato, no fato, no tato.”
__________Clarissa Corrêa.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger