“Isso, xinga mesmo. Diga que nunca precisou dele pra coisa alguma, a não ser para carregar as suas compras e te levar nas festas. Diga que ele é um completo e, somente, escravo ou “tapa-carências”. Diga que ele é insensível, desprezível e que ninguém nunca irá querê-lo, pois ele nunca irá deixar de ser esse completo capacho. Diga que o cabelo dele é oleoso e que o beijo dele não é tão doce assim. 
Diz que ele não tem pegada alguma e que ele é porco. Diz que ele é grosso e que não liga pra sentimento algum. Diz que ele te servia como “menino-só-pra-hoje”. Diz que ele é um menino. Não um homem, um menino. Diz que ele é completamente idiota e que você nunca riu verdadeiramente das piadas. Diz também que você nunca gostou de sair com ele, e que quando saia, sentia-se envergonhada. Diz que ele nunca te deu valor o suficiente e também diga que as palavras dele nunca te serviram pra nada. Absolutamente nada. Diz pras suas amigas que ele não tinha o corpo perfeito e ria dos defeitos dele, tentando se convencer que você não foi nenhum pouco feliz ao lado dele. Diz pra todos. Grite ao mundo, o quão irrelevante e substituível ele foi pra você.Diz que o sorriso dele nem é tão bonito assim. Diz que os meses em que estiveram juntos, não serviu pra absolutamente nada. Apenas pra não te deixar carente durante o mesmo período. Diz que ele não é tão bonito assim, e que você estava cega ao chamá-lo de “meu lindo” todos os dias. Diz que ele nem se vestia tão bem assim, nem que ele era cavalheiro. Diga que ele só serviu mesmo pra diversão, tentando convencer a si mesma de que foi uma coisa passageira e nada verdadeira. Convence a todos de que ele nunca foi e nunca será nada pra você, convença! Diga a todos que ele foi uma pedra no sapato… Diga calúnias, e se acabar, invente novas. Convença a todos e depois convence-te de que tu não foi nem um pouquinho feliz ao lado dele.”

Nenhum comentário

Postar um comentário

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger