Mas quando eu olho pra você, tenho uma vontade absurda de pedir aos quatro cantos que você permaneça aqui, quem sabe, pra sempre. E penso, baixinho: Não me deixa, não me esquece, não me abandona. Só eu sei o quanto somos melhores, assim mesmo, juntos.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger