“Ele: Eeei, casa comigo?
Ela: Tá louco?
Ele: Sim, piradinho… Por você.
Ela: Temos apenas 16 anos.
Ele: Eu tenho 17.
Ela: Continua sendo menor..
Ele: Quando formos maior de idade, você casa?
Ela: Com 28 anos? - começando a rir -
Ele: Essa é a idade que você quer casar?
Ela: É, mais ou menos.
Ele: Ok, 28 anos. Fechado. - os dois começam a rir juntos -.

… 12 anos se passaram, e o destino deles não seguiram muito bem os caminhos planejados, um dia qualquer, ele estava voltando do trabalho, para pegar o carro no estacionamento e quem ele encontra lá…
Ele: Isabella?
Pensamento dela: Ah meu Deus, essa é a voz do…
Ele: Isabella, sou eu, o Bruno.
Ela: Bruno? Nossa quanto tempo… Como você está?
- Ele olha para ela com os olhos brilhando, e ele sabe, que ele voltou a sentir aquelas coisas estranhas que não havia sentido nunca mais desde quando eles se separaram… -
Ele: Tô bem e você? Veio pegar o carro?
Ela: É, eu vim sim, voltei pro Brasil a poucos dias.
Ele: Ah, é, você estava morando em Londres né?
Ela: É, eu estava. Como esteve a vida enquanto eu estive fora?
Ele: Foi normal - ele ri, sem motivo-
Ela: Você continua com essa mania né? Fica rindo sem motivos e eu penso que é por minha causa.
Ele: Mas é por sua causa, é que semana passada foi seu aniversário, 25 de outubro e eu estava lembrando que você faria 28 anos nesse dia, e quando tínhamos 16 e 17, nós tínhamos combinado de nos casar quando você tivesse 28…
Ela: Você lembra? Até do meu aniversário?
Ele: Claro que eu lembro.. Mas o destino mudou nossos planos então..
Ela: Então que daqui a uma semana é o seu, 13 de novembro, não é?
Ele: Você também lembra.
Ela: Claro que eu lembro e o destino mudou nossos planos por sua culpa.
Ele: Minha culpa?
Ela: Sim, ou você também pensa que eu esqueci que quando eu disse que estava partindo você não fez nada para impedir?
Ele: Claro que eu não ia impedir, se você estava partindo é porque não estava mais feliz aqui do meu lado, e eu realmente te amava então eu preferia vê-la feliz mesmo que longe de mim, do que infeliz e ao meu lado só porque eu disse para você desistir de seu sonho e ficar aqui.
Ela: Se me amasse mesmo você iria atrás de mim.
Ele: E eu fui. Acontece que é não é tão fácil para um vagabundo igual a mim, ficar lá em Londres, perdido.
Ela: Você foi até Londres?
Ele: Fui, fiquei 3 meses te procurando por lá, mas você tinha trocado de número e não conseguia me comunicar com você…
Ela: Você tá casado?
Ele: Não consegui ter um relacionamento sério desde quando nos separamos, por que?
Ela: Porque eu queria saber se a proposta de casamento aos 28 anos ainda está de pé.
Ele: Sempre esteve…”

Nenhum comentário

Postar um comentário

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger