‎"Eu não sei se foi amor, não sei mesmo. Mas sei que foi algo incrível por instantes. Eu pensava em você toda hora, podia te tocar, e isso era tão lindo. Ter você aqui, pertinho, do meu lado, pra cochichar, trocar carícias, ficar lado a lado. Te ter aqui e poder te ligar e ir correndo pra sua casa pra gente se encontrar e se beijar. Poder ver tua foto na tela do meu celular e um grande sorriso bobo me roubar. E foi tudo tão especial, mas, não ocorreu do jeito que eu esperava. De uma hora pra outra você mudou. Mudou pra valer. E foi como se todos aqueles momentos incríveis nunca tivessem existido. Que todas as borboletas que rolavam no meu estômago quando você sorria haviam sido falsas. E que não passava de pura imaginação. Mas pra mim tudo foi real, e significou tanto. E agora, nessa noite tardia e com essa chuva barulhenta, fico pensando em você. Como seria esse momento se você estivesse aqui comigo. Provavelmente estaríamos assistindo um filme: comédia romântica a meu gosto ou um filme de ação, do jeito que você ama. Mas eu sei que estaríamos nos divertindo. E mesmo brincando um com o gosto do outro não passaria de diversão. Eu deixaria a pipoca cair no chão sem querer, é claro. Você iria me ajudar a limpar tudo e eu iria ficar rindo e chateado falando o quanto sou desastrado. E você mexeria no meu cabelo, daria um sorriso bobo e lentamente sairia um “não é nada”. Você me beijaria e todas aquelas borboletas, montanhas russas, pára-quedas, aquelas sensações, incríveis e estranhas voltariam a acontecer. Mas é tão difícil quando penso em você ver que sou obrigado a esquecer os nossos momentos e tudo que envolve você. Mudar a rotina, mudar os filmes, os livros, as músicas, tudo. E podem achar que é bobagem, mas se eu seguir tudo que te lembra, nunca te esquecerei. Agora, intrepidamente preciso mudar quem eu realmente sou. Mudar meus gostos e simplesmente esquecer você, as músicas que me fazem a todo o momento te querer aqui e tudo que te liga em meu universo. Mas faz parte, é a vida, né? Insatisfeito, agora, preciso acima de tudo, voltar a viver." (Pedro Smarth)

Nenhum comentário

Postar um comentário

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger