#2 Resenha: Entre o Agora e o Nunca

Entre O Agora e O Nunca

Já sentiu vontade de entrar em um ônibus com apenas uma bolsa, dinheiro e um celular? 
A vida de Camryn Bennett foi destruída após seu namorado morrer em um acidente de carro. Depois disso, a única capaz de fazê-la esquecer é sua melhor amiga Nat. Mas tudo isso acaba quando o namorado de Nat se declara apaixonado por Camryn. 
Ela corre para a rodoviária e decide seu destino baseada nas batatas que a moça que vendia as passagens estava comendo. Estava indo para Idaho. 
Em uma das conexões do ônibus, um passageiro sexy e misterioso embarca e se senta no banco atrás do de Camryn. Andrew Parrish e Camryn começam a conversar e viram amigos. Amigos de viagem. Os dois recusavam o que estava começando nascer dentro de cada um. Se negavam a sentir. Cada um com seus próprios motivos. Andrew estava indo visitar seu pai, que estava morrendo de câncer. E Camryn estava fugindo. Fugindo da vida. 
Quando os dois chegam ao destino de Andrew, se separam e ele vai para o hospital, deixando Cam na rodoviária esperando o próximo ônibus que demoraria mais de 6 horas para chegar. Parece que Andrew sabia que alguma coisa ia acontecer e volta para a rodoviária, prometendo nunca mais deixar Cam sem proteção. Os dois vão juntos para o hospital e de lá, partem para uma aventura de carro passando por vários estados e cidades diferentes. Na direção do Texas. 
Muitas coisas acontecem entre os dois nessa viagem. Coisas que deixam o leitor com raiva, paixão e com um incrível sentimento de familiaridade com os personagens. Sentimentos estes que não permitem uma pausa na leitura. 
Leiam. Leiam. Leiam!

Dâmaris. 

Nenhum comentário

Postar um comentário

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger